Qual o seu sítio ideal para praticar o amor?

A mim deu-me isto…

Fim de semana

Este fim de semana foi extremamente cansativo, tanto a nível físico como a nível psicológico. Em parte foi desgastante por causa de um torneio de 24h de futsal que se realiza todos os anos no Sardoal, organizado pela turma de 12º ano da escola. Neste fim de semana consegui observar certas características minhas: sei que já não consigo aguentar tantos jogos de futsal seguidos como antigamente; nem estar sem dormir tantas horas consecutivas; nem permanecer 5 ou 6 horas seguidas a ver jogos de futsal sem me aborrecer; mas que consigo falar contigo como amigos, apesar de termos “terminado” à relativamente pouco tempo. Sei que foi uma conversa de circunstância. Sei que medi todas a palavras e frases que disse, não para ferir susceptibilidades, mas sim porque não tinha perguntas para te fazer ou um tema de conversa adequado para a situação. Falar da escola, do tempo ou da organização do torneio é, no meu entender, uma conversa de circunstância. Assim noto que a minha mudança do passado dia 14 está a resultar, sei que quando te vejo não fico a matutar do fim da nossa relação, nem no que poderia ter acontecido se tivesse sido diferente.
A vida é para seguir para a frente, seja acompanhado ou não com a presença dos amigos, mas é para seguir em frente. O que se passou já não muda mais, por isso, cabeça erguida.

Mini-Férias

Já é sexta-feira e só me falta uma aula das 11h às 12h15 para poder ir de fim de semana e simultaneamente de férias de Carnaval. Vai saber tão bem estas mini-férias. Apesar do tempo que estiver, vou-me fechar em casa sem fazer rigorosamente nada. Claro que está que daqui a uma semana volto às aulas, só porque a minha universidade não deu a semana completa de férias, mas sim de segunda a quinta. É sempre de louvar estas atitudes. Mesmo assim vou aproveitá-la bem…

As minhas 5 manias

A pedido deste meu amigo, aqui ficam as minhas 5 manias.

1. Não é só uma mania, sou mesmo doente pelo clube onde jogo no Sardoal. Vivo cada derrota, como se da minha vida tratasse e festejo as vitórias com extrema alegria. Sei que um dia vou ver do lado de fora, mas vai ser da mesma forma.

2. Tenho a mania de me deitar sempre muito tarde, mesmo quando no outro dia tenho que acordar muito cedo. Está claro que depois ando um dia inteiro a queixar-me que estou cheio de sono.

3. Todos os fins de semana tenho que ir ao Sardoal. Só mesmo quando é-me completamente impossível é que não vou.

4. Quando estou a conversar com outras pessoas, às vezes dou por mim quase a gritar. À medida que vou falando, vou levantando o meu tom de voz e digo-vos que para quem está de fora, não parece nada agradável.

5. Tenho a mania de morder o interior da boca. Sei que não deve ser muito agradável, mas é uma coisa que faço quando fico extremamente nervoso.

Sei que devia indicar outras 3 pessoas para fazer isto também, mas como de todos os blogs que leio, já todos fizeram, fica por aqui este post.

Sonhos

Quem é que nunca sonhou? Quase de certeza que em alguma altura da vida já todos sonharam, pois eu vivo em constante sonho. E não digo só à noite durante o sono. Sonho mesmo acordado, durante o dia, podendo estar a tomar o pequeno-almoço ou no metropolitano durante a viagem de casa para a universidade. Às vezes penso que se continua assim não vou longe na vida, mas como escreveu um poeta, “O sonho comanda a vida…”. E é bem verdade. Se não sonhássemos, acho que não teríamos um objectivo para a nossa vida. Andaríamos a viver o nosso dia, sem ter um propósito para vivermos, a não ser o dia em questão. É por isso é que sonhamos em ser bombeiros ou astronautas, em descobrir a cura para a SIDA ou em salvar o Mundo da guerra. Está certo que muitos destes sonhos, passam depressa e depois sonhamos com coisas mais concretas e que possam melhorar a nossa vida. Por isso é que sonhamos em passar de ano em cada ano que estamos na escola ou mesmo na universidade e em subir na empresa onde trabalhamos. Mas não acabam os sonhos por aqui, depois sonhamos em casar ou em ter uma vida com alguém com quem gostamos, sonhamos em ter um ou mais filhos e em poder dar a educação que queríamos para nós e que por vezes os nossos pais não nos davam.
É por isto tudo e mais algumas coisas que é bom sonhar, pois só assim comandamos as nossas vidas segundo sonhos que temos ou tivemos e que queremos concretizar.

A todos aqueles que têm sonhos, nunca desistam deles, nunca se sabe quando se vão realizar.