365 Days 2018

Como já tinha dito anteriormente, estou na recta final de mais um ano a colocar uma fotografia todos os dias no meu perfil do Instagram (www.instagram.com/intersrd). Como estamos em mais um final de ano, as fotografias também vão condizendo com a altura do ano em que nos encontramos. E nesta altura o Natal é o centro das atenções. Desde os presépios do Centro Comercial Colombo, que posso já adiantar que estão muito espectaculares e que merecem uma visita mais atenta, passando pela montagem da árvore de Natal em casa. De salientar que este ano será o primeiro Natal neste castelo verdadeiramente a três (no ano passado alguém ainda se refugiava na barriga da mãe). Ainda sobre o Natal os já tradicionais jantares de Natal de empresa, neste caso com fotografias do jantar de Natal da minha empresa e com a vista do restaurante, neste caso do terminal dos barcos no Rio Tejo. Por fim algo bastante diferente, uma fotografia do jogo do Benfica no Estádio da Luz.

Colagem 49_2018

Tal como no ano passado este ano também está de volta o dilema sobre se devo ou não continuar a colocar uma fotografia todos os dias no meu perfil do Instagram. Tenho que ser muito honesto, existem alturas em que não me apetece nada procurar fotografias para colocar. No entanto lá vou encontrando fotografias e vou mantendo o perfil actualizado. Vou novamente pensar no assunto e depois no dia 1 de Janeiro logo se vê…

365 Days 2018

Numa semana em que entramos oficialmente no mês do Natal, já há muito que podíamos ver alguns enfeites e luzes de Natal espalhados por todo o lado. Claro está que também foi o final do mês de Novembro, o mês utilizado para o movimento Movember para sensibilizar os homens para os problemas da saúde dos homens: cancro da próstata e dos testículos. Mas “first things first”… Não sei se será por causa da febre da Black Friday ou do início do período natalício, mas a verdade é que as enchentes que ocorrem nos centros comerciais levam também a muita estupidez nos parques de estacionamento dos mesmos. Eu deixei apenas dois dos muitos casos no meu perfil do Instagram esta semana. Aproveitei para deixar uma solução para os problemas no trânsito, que são as trotinetes eléctricas. No entanto deixo o aviso, é necessário o uso de capacete de ciclismo quando se conduz uma igual à da fotografia. Período de Natal é sinónimo de efeites, luzes, árvores de Natal e claro está, chocolate. Deixei também uma fotografia da vaca roxa mais conhecida, que se encontrava no Continente em Telheiras. Para além disso deixei também uma fotografia das luzes que a Junta de Freguesia de Santa Clara já colocou nas entradas/saídas do limite da freguesia. Claro está que, com a entrada no mês de Dezembro, já montei a minha árvore de Natal. Esta que será a primeira vez que haverá Natal a 3 neste castelo. Por fim, uma fotografia do meu contributo para sensibilizar todos os homens para o cancro da próstata e dos testículos. Este ano voltei a aderir ao movimento Movember e deixei crescer o meu bigode ao longo do mês. Se quiserem saber mais sobre o movimento e sobre o que eles defendem e apoiam, basta ir ao site https://ex.movember.com/pt/ e lerem tudo o que se encontra por lá.

Colagem 48_2018

Numa semana em que entramos no mês de Dezembro, entramos também na recta final de mais um ano deste projecto de colocar uma fotografia todos os dias no meu perfil do Instagram (https://www.instagram.com/intersrd/). Já é o segundo ano seguido em que todos os dias surge uma nova fotografia por lá. Ainda vou pensar se em 2019 vou continuar com o mesmo desafio. Neste momento não faço mesmo a menor ideia se o vou continuar ou não…

365 Days 2018

Este ano parece que passou a correr… Ainda não estou a fazer uma retrospectiva deste ano, mas ao ver que vamos para o 47º domingo este ano noto que o ano foi bastante rápido. Nesta semana não coloquei nenhuma fotografia mais antiga, antes pelo contrário, todas as fotografias foram tiradas durante esta semana que agora termina. Desde as decorações de Natal no Continente de Telheiras; passando pela pista de gelo do Dolce Vita Tejo; continuando nas fotografias nocturnas parado no trânsito e na chegada à creche do meu herdeiro; e como não podia deixar de ser, terminando no meu herdeiro enquanto esperava pela mãe e na almofada construída na creche durante o Dia Mundial do Pijama.

Colagem 47_2018

Tal como referi no início deste post, 2018 está a ser um ano que está a passar com bastante rapidez. Ainda assim, está a ser um com muito mais calma do que os anteriores.

365 Days 2018

Para esta semana as fotografias colocadas no meu perfil do Instagram não podiam ter sido mais diversificadas. Desde uma garrafa de Moscatel Roxo com 8 anos; passando por uma fotografia de um jogo de Portugal no Estádio da Luz; pela fotografia de uma cadela que é de umas amigas minhas; uma fotografia do meu herdeiro a olhar para a gata em casa de uns amigos (posso confirmar que mandou um grande sorriso quando ela se foi colocar ao lado dele); a nova chucha com bigode (a condizer com o bigode do pai) que o meu herdeiro tinha; o primeiro trabalho para a creche, relacionado com o magusto; e por fim uma fotografia minha de há bastante tempo atrás na praia.

Colagem 46_2018

É verdade que há uns tempos atrás tinha vindo aqui dizer que ia começar a destralhar umas coisas do meu castelo. Mas a verdade é que ainda não me foi possível começar a “arrumar” as coisas que pretendo destralhar. Vamos lá ver se nos próximos tempos começa a existir essa disponibilidade.

Letters to my son

Um mês na companhia do pai e da mãe em simultâneo. Um mês cheio de mimo bom foi o que aconteceu. O início da aprendizagem de dormir sozinho no quarto dele durante a noite toda, todas as noites. Os banhos complicados que foram acontecendo, mas que os pais conseguiram fazer uma alteração de forma a que resultasse para ti num banho mais calmo e um fim de dia muito mais agradável. Os passeios com o pai e a mãe pelo jardim ao pé de casa, com direito a risadas, sorrisos maravilhosos.
E os teus primeiros dois dentes, que começaram a aparecer em conjunto e ao mesmo ritmo. As primeiras dentadas que começaram a doer ao pai e à mãe e que começaram a deixar umas marcas valentes.
Uma rotina que também aprendeste foi a rotina das vacinas todos os meses. E desta vez foi mais uma vacina com a presença do pai. E como todas as outras, tiveste um comportamento à altura. Sem choros nem birrinhas. Foi chegar, esperar imenso tempo pela tua vez, entrar, levar vacina, agendar a próxima e sair. E depois, muitos mimos dos pais.
Ainda não chegaste a um ano de vida e já tiveste a primeira máscara. O Halloween é uma tradição bastante enraizada e como tal lá tiveste que fazer uma pequena figurinha e os pais e os “tios” mascararam-te de abóbora. Um dia mais tarde as fotografias vão servir de gozo para os teus amigos e namoradas, para já vão ficar guardadas de forma a que possam servir para muitas risadas no futuro.
Logo após o Halloween uma viagem de bastantes dias à terra para poder aproveitar os mimos dos amigos de lá. Mais um petisco para que os amigos dos teus pais pudessem socializar contigo e com eles. Claro está que o tempo não ajudou muito e a chuva era tanta que o resto dos dias foram passados no sofá com mantinhas e muitas brincadeiras e mimos. Aquelas gargalhadas dobradas e os sorrisos que derretem qualquer cubo de gelo.
Depois do regresso a Lisboa, o início da nova aventura que mudou a tua vida e a nossa. O primeiro dia de creche foi apenas 1h de ausência, em que quase não deu tempo para pensar em como estavas, se estavas ou não a gostar. Com o “caminhar” da semana e com o tempo na creche a aumentar gradualmente, o feedback das educadoras e auxiliares era uma maravilha e os teus sorrisos e gargalhadas faziam com que as incertezas da mãe e do pai fossem substituídas por descanso e conforto.
Claro está que nem tudo foi um mar de rosas e a febre, a constipação e um ou outro vírus apareceram para te criar desconforto, mau estar, cólicas e noites mal dormidas. Muitas lágrimas e choro que foram surgindo e algumas dúvidas passaram pelas cabeças dos pais, mas nada como uma consulta com o pediatra para descansar as hostes e para criar as melhores condições para que recuperasses em beleza.
Meio ano de vida. Tantos momentos de alegria, choros, sorrisos, passeios, sonos, mas acima de tudo, muitos momentos de crescimento para ti e para os teus pais.

Your time is limited, so don’t waste it living someone else’s life.” by Steve Jobs